5 livros de UX fundamentais para evoluir como designer segundo o time Orbia
livros de UX

5 livros de UX fundamentais para evoluir como designer segundo o time Orbia

Cursos online, artigos, e-books, infográficos, entre outros materiais, são ótimas formas de mergulhar dentro de uma área profissional. Porém não podemos deixar de fora os bons e velhos livros, neste caso em especial os livros de UX.

E nada como receber indicações de outros profissionais de experiência do usuário para escolher os livros de UX essenciais para você começar a ler. 

Por isso, pedimos aos integrantes do time de UX da Orbia recomendar leituras favoritas ou que de alguma forma os marcaram. Confira nossa lista: 

1- O Design do Dia a Dia, de Donald A. Norman

Quando comecei a estudar UX, esta foi primeira recomendação de livro que eu recebi. É quase um clichê já em artigos para quem está começando na área… Mas como dizem por aí: clichês são clichês porque funcionam. No livro, Norman (o “pai da usabilidade”) traz uma série de exemplos sobre interação e produtos, e em como aliar estética, arte e criatividade sem esquecer de funcionalidade. Mas o que o torna tão atemporal (afinal, ele foi escrito na década de 80) é o fato de trazer uma análise aprofundada de objetos, o que vai muito além de interfaces – pense na organização do dia a dia, a psicologia por trás das ações. Algo que me marcou bastante também é o poder da observação e a importância de olhar ao seu redor, entre outros princípios. É, portanto, uma ótima introdução para virar a chave sobre a sua forma de pensar como um UX Designer. 

—  Júlia Korte, Sênior UX Writer

2- Do Design Thinking ao Design Doing, de Jon Kolko

Esse é sem dúvidas o meu livro de cabeceira, pois não se limita apenas ao universo metodológico de um Design de experiência do usuário, ele também se estende para o gerenciamento de produtos digitais. O livro trás em sua literatura cases de sucesso de produtos centrados no usuário, além de exemplos de metodologias para as práticas product market-fit, conceituação e teste para validação, reforçando a importância de que o design não se limitar apenas aos designers. 

— Por Gabriel Balista, Product Designer

3- O Teste da Mãe, de Rob Fitzpatrick

1) Você é um empreendedor tentando resolver o grande problema X, armado com a extraordinária visão Y. Não mencione sua ideia

2) Estabeleça claramente as expectativas, mencionando em que estágio você está, e caso seja verdade, que você não tem nada para vender

3) Mostre vulnerabilidade e dê uma chance para as pessoas lhe ajudarem mencionando o problema em específico o qual você está atrás de respostas. Isto vai deixar claro que você não é uma perda de tempo.

4) Coloque-as num pedestal mostrando o quanto, elas em particular, podem lhe ajudar

5) Peça explicitamente por ajuda

— Por Guilherme Pereira, Head de Marketing e UX

4- Não Me Faça Pensar!, de Steve Krug

Com sua linguagem acessível, exemplos práticos e descrições concisas de princípios de usabilidade, esse livro é uma ótima forma de entrar em contato com a área de UX Design. Nele, Steve Krug nos mostra o ponto de vista dos usuários, nos ensinando como as pessoas interagem com produtos virtuais e mostrando que não existe uma solução perfeita para todos os casos. Esse livro mostra a importância do design centrado no usuário, mas mais do que isso, mostra como o fator humano interfere na forma como criamos e usamos produtos virtuais.

— By Guilherme Bortoto, UX/UI Designer

5- O Poder do Hábito, de Charles Duhigg

Um livro que não necessariamente figura nas prateleiras de Design, mas que conversa bastante com nosso universo é O Poder do Hábito, do jornalista e escritor Charles Duhigg. Eu acho essa leitura particularmente interessante para nós designers pois aborda a lógica por trás da formação dos nossos hábitos e como identificar os gatilhos e recompensas responsáveis por todo esse mecanismo de repetição. Entender como os hábitos podem influenciar a maneira como os usuários interagem com seu produto, e encontrar os motivos que os levam a repetir sempre um mesmo comportamento, pode nos ajudar bastante no design de melhores soluções e experiências.

— Por Carol Vaz, Product Designer

 


 

A lista de livros de UX não para por aqui, porém essas cinco indicações são as principais (e mais recomendadas por um time de peso da Orbia) para quem quer mergulhar na área de experiência do usuário a partir de hoje. 

Quer se aprofundar mais em UX Design? Confira também o artigo: Matriz‌ ‌CSD‌ ‌no‌ ‌processo‌ ‌de‌ ‌UX:‌ ‌por‌ ‌que‌ ‌usamos‌ ‌a‌ ‌metodologia?‌ ‌

 

 

CompartilharFacebookTwitter
Entrar na conversa