5 ferramentas de UX que você precisa conhecer!
ferramentas de ux

5 ferramentas de UX que você precisa conhecer!

Se você trabalha ou já pensou em trabalhar na área de UX, seja como UX Designer, UX Writer ou UX Researcher, então sabe que este processo requer muita dedicação. É preciso criar protótipos, fazer pesquisas, desenvolver produtos, testar a usabilidade, validar suas hipóteses e ainda acompanhar os seus resultados. 

Ufa! Trabalho é o que não falta, não é mesmo?

A boa notícia é que o mercado está repleto de ferramentas de UX que podem otimizar e facilitar a sua rotina. Neste post, vamos te apresentar algumas delas. Confira:

Ferramentas de UX: por que utilizar?

O trabalho de um UX é, basicamente, garantir que o seu usuário tenha a melhor interação e experiência possível com um determinado produto. Neste cenário, toda ajuda é bem-vinda, já que você terá que coletar insights, analisar dados e propor melhorias.

Pensando nisso, nós separamos algumas ferramentas que podem te ajudar desde o desenvolvimento do projeto até a análise de performance. Assim, ficará muito mais fácil garantir que cada etapa foi finalizada com tranquilidade, dedicação e bons desempenhos.

Figma

O Figma tem alguns recursos muito interessantes para quem trabalha com UI/UX, já que ele roda em qualquer plataforma operacional e é baseado em nuvem, o que permite que vários usuários diferentes trabalhem simultaneamente em um determinado projeto. 

Além disso, ele também é uma ferramenta de interface do usuário, o que permite que o designer obtenha feedbacks sobre o layout de uma maneira mais profissional.

Hotjar

O Hotjar é uma das ferramentas mais completas para entender o que os usuários querem e como eles interagem com o seu site, já que suas principais funcionalidades são: gravar as interações dos usuários no site, apresentar o funil de conversão, analisar formulários e realizar pesquisas em tempo real. Trazendo assim insights e melhorias.

Desinion

Também voltada para testes, essa ferramenta possui um excelente diferencial: seu recurso de debate, que permite que os usuários opinem a respeito do seu design. Além disso, esses debates podem ser realizados tanto de forma pública quanto privada. 

Zeplin

Na grande maioria das vezes, os projetos acontecem de forma colaborativa. Nesse sentido, o Zeplin é uma das ferramentas de UX mais significativas, já que ele permite que membros de um time deixem feedbacks e opinem sobre todas as etapas de um projeto. Além de manter uma comunicação eficiente entre design e desenvolvimento.

Google:

Ferramentas gratuitas como o Google Analytics, o Google Search Console e o Google Optimize são grandes aliadas dos profissionais que querem entender e mensurar os seus resultados. O Search Console, por exemplo, ajuda a solucionar problemas de indexação ou de palavras-chave. O Optimize, por outro lado, ajuda a testar como os usuários respondem a um mesmo design por meio de dados e padrões de comportamento. Por fim, mas não menos importante, o Analytics, que coleta dados de interações e visitas do usuário ao seu blog, site ou qualquer outra interface digital.

Viu só?

Agora que você já conhece essas ferramentas de UX, que tal começar utilizá-las no seu dia a dia para aumentar a sua produtividade e o seu desempenho? 

Depois disso, aproveita e conta para gente quais foram os seus resultados.

 

 

 

 

CompartilharFacebookTwitter
Entrar na conversa